É como se o sax de Coltrane nos forçasse a lidar com o fato de que nem tudo é calma, ritmo, melodia e estabilidade; ao mesmo tempo que nos lembra sutilmente de que ainda há calma, ritmo, melodia e estabilidade por baixo de toda superfície agitada.

About this post

Date: 18 Aug 2017

Author: Leonardo Barichello

Tags:

música português vídeo


Related posts:
Cala a boca, menina(o)
Matemática Multimídia e alguns filhos