Atendendo a pedidos, eis a receita (em português) de cookie que eu adaptei ligeiramente do livro The Violet Bakery Cookbook, de Claire Ptak.

A receita é bastante simples e o resultado é realmente muito bom! Rende 6 cookies de tamanho médio

85 gramas de manteiga sem sal derretida;
100 gramas de açucar (eu uso 2/3 mascavo e 1/3 refinado, mas tenho certeza de que outras proporções não vão comprometer a qualidade);
1/4 de colher de chá de baunilha (eu uso em pasta; essência não funciona pois o cookie vai pro forno);
1 gema de ovo;
110 gramas de farinha de trigo;
Uma pitadinha de sal;
1/4 de colher de chá de bicarbonato de sódio;
75 gramas de chocolate meio-amargo quebrado em pedaços pequenos.

Bata a manteiga e o açucar com um mixer até que a mistura fique homogênea e comece a ficar cremosa. Adicione a baunilha e a gema. Bate até ficar homogêneo. Misture os ingredientes secos restantes, exceto o chocolate, em um recipiente a parte e acrescente pouco a pouco à mistura cremosa mexendo com um garfo. Quando todos os ingredientes secos estiverem incorporados, acrescente pouco a pouco os pedaços de chocolate usando o garfo para misturá-los na massa.

Divida a mistura em 6 partes e faça bolinhas. Coloque em uma forma forrada com papel manteiga e leve ao congelador por pelo menos uma hora. Quando quiser assá-los, tire os cookies do congelador por 10 minutos e leve ao forno pré-aquecido a 160 graus (essa temperatra funciona para fornos com ventilador interno; o livro sugere 180 graus para fornos convencionais, mas eu não testei esse caso). Asse por 20 minutos (os cookies ainda estarão um pouco gordinhos) e deixe esfriar por pelo menos 15 minutos antes de servir.

os cookies já assados

Os cookies já assados ficam muito bons até o dia seguinte. Os congelados duram bastante tempo antes de serem assados.

Aos que vierem pra Londres, fica a sugestão da Violet Bakery. Além da sede oficial (um pouco fora do centro), eles também fazem aparições em feiras em regiões mais centrais (cheque no site).

About this post

Date: 19 Jun 2018

Author: Leonardo Barichello

Tags:

português receita

rss

Subscribe to my RSS:
barichello.coffee/rss