Desde que voltei da Inglaterra estou procurando um bom Yogurte grego.

Agora deixe-me explicar o que eu quero dizer com bom yogurte grego: um yogurte que tenha a consistência do grego, que tenha um sabor parecido (nada de doce e um pouco amargo) e principalmente que tenha essencialmente um único ingrediente, leite! Esse último item é especialmente importante, afinal, os originais são feitos com esse único ingrediente. Nada de leite em pó, espessantes, mel, coisas pra adoçar ou soro de leite. Simplemente leite.

Minha primeira reação quando olhei o setor de yogurtes no supermercado aqui no Brasil foi boa: várias opções de yogurte grego. Duas checagens de rótulo depois, eu já estava desanimando. Algumas depois eu estava totalmente desapontado. TODOS os yogurtes das marcas mais conhecidas possuem uma lista de ingredientes que vai MUITO além de "leite".

Felizmente, essa história tem final feliz: encontrei o yogurte grego da Yorgus.

yorgus

Ele é um tanto mais caro que os mais comuns, mas tem apenas dois ingredientes: leite (infelizmente desnatado, mais fazer o quê) e fermentos lácteos (provavelmente os gregos podem omitir essa ingrediente, já que eu acho que é necessário para transformar leite em yogurte). E pra completar, o sabor dele é super compatível com o original! Eu recomendo.

Atualização: algumas semanas depois deste post eu encontrei a versão integral desse mesmo yogurte (note na imagem que este era o 0% gordura) e pra minha decepção, achei o super do integral muito pesado, se aproximando muito do queijo. Portanto, fico com o 0%.

About this post

Date: 14 Dec 2018

Author: Leonardo Barichello

Tags:

comida português

rss

Subscribe to my RSS:
barichello.coffee/rss