Matemática Multimídia e alguns filhos

11 Oct 2017 / Leonardo Barichello

A coleção Matemática Multimídia foi desenvolvida por uma equipe da Unicamp entre 2008 e 2011 da qual tive o prazer de fazer parte.

A coleção oferece mais de 300 objetos educacionais concebidos originalmente para o Ensino Médio (vários deles são compatíveis com Ensino Fundamental e Ensino Superior) em quatro formatos diferentes: áudios, experimentos, softwares e vídeos. Os experimentos são roteiros para atividades envolvendo algum tipo de material manipulativo em que os alunos têm a oportunidade de gerar dados, testar hipóteses e depois utilizar a matemática para formalizar as conclusões. Os vídeos (todos disponíveis no Youtube) têm 10 minutos de duração e variam bastante desde ênfase em aspectos históricos, passando por discussão de problemas e aplicações até a discussão e explicação de conceitos e procedimentos. Os áudios são especialmente variados, mas no geral valorizam aspectos culturais e uma abordagem mais leve da matemática. Finalmente, os softwares infelizmente estão fora de funcionamento por motivos técnicos.

Apesar de já ter mais de 6 anos de vida, a coleção Matemática Multimídia continua sendo utiliza em Licenciaturas de Matemática e por professores e alunos. Por enquanto, contamos apenas com relatos informais de colegas, contatos pessoais e entuasiastas, mas em breve devemos começar a organizar algum tipo de repositório de experiências. Por hora, gostaria de divulgar um vídeo filho da coleção que descobri no Festival de Vídeos Matemática promovido pela Unesp de Rio Claro.

Primeiro, vejamos o objeto que deu origem a este filho, o vídeo Jardim de Números:

Agora, vejamos o vídeo Resolvendo o Jardim de Números, criado por alunos do 3º Ano do Ensino Médio do Colégio SESI, Bandeirantes do Paraná:

Parabéns aos estudantes pelo bom trabalho!

Se você tem mais alguma experiência com objetos educacionais da coleção Matemática Multimídia, comente abaixo!

Coltrane's sound

18 Aug 2017 / Leonardo Barichello

É como se o sax de Coltrane nos forçasse a lidar com o fato de que nem tudo é calma, ritmo, melodia e estabilidade; ao mesmo tempo que nos lembra sutilmente de que ainda há calma, ritmo, melodia e estabilidade por baixo de toda superfície agitada.

Yamandu e Naná

30 May 2017 / Leonardo Barichello

Naná Vanconcelos é um desses músicos que parecem ter passado por tudo de bom que foi feito no Brasil.

No começo da carreira, tocou com nomes como Joyce, que exploravam o lado mais jazzístico da Bossa Nova, e Milton, que não estava tão próximo da Bossa Nova mas também flertava com um jazz mais livre. Depois foi pro exterior e se misturou com o free jazz. Gravou o que eu considero o melhor álbum brasileiro de jazz, Dança das Cabeças, com Egberto Gismonti. Também gravou com Jards Macalé no lado mais porão e obscuro da Tropicália e com o maldito independente Itamar Assumpção. Sem deixar de lado o regionalismo produzindo bandas como o Cordel do Fogo Encantado.

No show abaixo (até onde sei não existe álbum publicado com esse material), ele toca com um dos ícones do violão brasileiro, o (comparativamente) jovem Yamandu Costa em uma performance deliciosa.

steve jobs

19 Jan 2017 / Leonardo Barichello

From a museum in Viena.

Foto tirada em um museu em Viena.

steve jobs



begin ... prev 1 2 3 4 5 6 7 8 9 next ... end
rss

Subscribe to my RSS:
barichello.coffee/rss

Search

Tags

english português música poesia coffee Ireland mathematics education café music movie opinion duas versões two versions research methodology recipe política matemática opinião nottingham visualization linux food educação programação receita viagem arte educação matemática beer libreoffice amsterdam pesquisa free software video vídeo mobile tourism coding restaurant comic software livre art restaurante turismo comida