elogio aos blogs

12 Jul 2019 / Leonardo Barichello

Em tempos de facebook e rolagens rápidas por feeds que nunca terminam, acho que faz sentido exaltar a velha prática de acompanhar blogs. Obviamente existe de tudo por ai, mas não é difícil encontrar conteúdo de qualidade nas mais diversas áreas para quebrar o ritmo desenfreado das redes sociais e dar tempo pra nossa cabeça processar informações. Por isso, seguem algumas sugestões (focadas em temas bem variados) que considero de ótima qualidade:

  • Papo de homem: variedades focadas em temas de interesse para universo masculino. Mas não espere encontrar simplesmente mulher pelada e dica de whisky (apesar de o site ter esses dois itens). Ao contrário da revista playboy, o Papo de Homem soube acompanhar as mudanças ligadas a sexualidade e gênero e hoje oferece um reduto de alta qualidade para homens minimamente atualizados com colunas sobre moda, comportamento, sensualidade, etc.
  • Site e blog de Simon Schwartzman: blog sobre Ensino Superior com análises profundas e sensatas sobre esse tema. Alguns dos textos são publicados aqui logo depois de saírem no Estadão, outros são inéditos. No geral, a profundidade dos textos é grande e são muito bem escritos.
  • Agência Lupa: agência de checagem de notícias que faz um bom trabalho checando falas de políticos e notícias espalhadas em redes sociais. Acho super útil segui-los pois não só descubro o que vem sendo espalhado por aí (sem necessário ter recebido a mensagem) como me informo sobre alguns itens fora da minha esfera de interesse direto.
  • Um Sábado Qualquer: um site de tirinhas que começou com o tema da mitologia cristã (Deus, Lúcifer, Adão, Eva, Jesus, o vleho testamento e por aí vai) ao lado e interagindo com outras mitologias e com celebridades humanas (como as ótimas aparições de Niemeyer, Raul Seixas e Freud). Hoje, essa série diminuiu e a maior parte das tirinhas vem da série Cães e Gatos, que eu acho muito menos legal. Mas ainda é bem divertido e rende uns sorrisos em meio ao conteúdo sério da maioria dos blogs que eu sigo.

E como acompanhar isso? Tipicamente, as pessoas seguiriam os autores ou páginas no facebook ou instagram, mas isso deixaria-os afogados no mar de conteúdo raso das redes sociais. Minha sugestão é um leitor de RSS, que nada mais é do que um jeito de ser notificado por atualizações em blogs que vocês selecionou. A maioria dos navegadores tem essa funcionalidade embutida, mas você também pode usar serviços online como o feedly ou apps para o seu celular como o sparse rss.

Não custa salientar, aos interessados, o RSS está aqui :)

O uso de RSS para acompanhar blogs se encaixa nas ideias do movimento slow web, que sugere diminuirmos o ritmo de consumo de informação na internet e voltarmos a prezar por qualidade ao invés de quantidade.

Cantina Alemã, em Campinas

07 Jun 2019 / Leonardo Barichello

Minha referência em Campinas para comida alemã sempre foi o Bar do Alemão de Itu, mas fiquei bastante decepcionado na última vez que fui lá (poucas opções de cerveja e ambiente meio deprê) e alguns itens do cardápio (como a entrada da casa) são bem bobinhos para o preço cobrado.

Mas recentemente foi na Cantina Alemã e já até esqueci do restaurante que mencionei acima. O preço é melhor e a qualidade da comida é melhor! Bastante tradicional na maneira de preparar os pratos e nos itens disponíveis, esse restaurente super ambiente e não atraente pelo lado de fora não deixa a desejar.

As entradas (salada de batata e salsichão) e o prato principal (joelho de porco cozido, não assado) estavam muito bons! As opções de cerveja são poucas (chopp Brahma), mas servidas direitinho. A sobremesa (apple strudel) parece super tradicional e bem feita, masperdeu alguns pontos por aparentemente ter sido requentada. No final até cafézinho surpreendeu (um bom Treviollo).

Recomendo fortemente!

restaurante sírio em Campinas

02 Jun 2019 / Leonardo Barichello

Gosto muito de comida árabe, mas os restaurante árabes no Brasil sao muito pouco criativos e, na minha opinião, já ficaram todos meio parecidos demais. Alguns são muito bons, como o Papai Salim em Campinas ou os Almanaras, mas recentemente encontrei uma deliciosa surpresa: Delícias Sírias, em Campinas.

O restaurante serve comida árabe (síria, mais precisamente) no sistema por quilo. O ambiente é simples, o preço é bom e o buffet não é cheio de opções como acontece em muitos restaurantes desse estilo. Porém, todos os itens tem clara inspiração árabe e nenhum cedeu à pressão de "amenizar sabores para agradar clientes". Em especial, foi ali que encontrei o melhor falafel que já comi (e olha que nem era fã de verdade desse item).

As sobremesas também são ótimas, com destaque para o pudim de semolina (não tenho certeza do nome), que é bem pouco comum no Brasil e delicioso!

comparative judgement, parte 3

02 May 2019 / Leonardo Barichello

Na minha pesquisa de pós-doutorado, me proponho a analisar como o conhecimento do futuro professor de matemática evolui ao longo de sua licenciatura (e possivelmente nos primeiros anos de sua atuação profissional). Para isso, e com base em refererências como [1], decidi conceber um instrumento com questões em três formatos:

  1. Questões de matemática elementar de natureza procedimental
  2. Questões de matemática elementar de natureza conceitual
  3. Questões ambientalizadas em situações de sala de aula e que explicitamente envolvam conteúdos matemáticos

A terceira categoria é composta por questões inpiradas em trabalhos como [2], já a primeira e a segunda podem ser vistas como extremos de um contínuo, que vai das questões muito procedimentais até as questões muito conceituais. Ao conceber as questões das duas primeiras categorias me peguei questionando se as questões eram de fato conceituais ou procedimentais ou se eu estava variando outros componentes como a dificuldade da questão.

A ideia que surgiu para obter algum nível de validação dessas questões como sendo procedimentais ou conceituais foi utilizar comparative judgement: dados um conjunto de questões criadas por mim, será que a ordenação gerada via comparative judgement por um grupo de pessoas envolvidas com ensino de Matemática e formação de professores coincide com a minha expectativa?

Com essa pergunta em mente, fiz o upload de 26 questões para o nomoremarking.com e consegui a participação de 12 juízes, cada um fazendo 30 comparações. Em conversas com eles, a sensação foi de que cada comparação levou em torno de 30 segundos, a média foi de 22 segundos mas com desvio padrão de 30 segundos.

Após a remoção de 2 juízes que tiveram alto nível de desvio do grupo, o resultado está mostrado abaixo. O eixo superior mostra uma escala de 0 a 100 gerada pelo algoritmo em que os valores representam o "nível de conceitualidade" de uma questão (perto de 100 muito conceitual, perto de 0 muito procedimental).

questões no eixo

Os números são apenas identificadores de cada questão. As bolinhas vermelhas representam questões que eu concebi como procedimentais, enquanto que as azuis são as conceituais. O arranjo em linhas serve apenas para agrupar as questões por topicos (no meu instrumento, sempre terei uma conceitual e uma procedimental para cada tópico).

Uma análise visual rápida mostra que o ordenamento do comparative judgement confirmou a minha expectativa para a grade maioria das questões, com exceção da 34 e da 18. Também fica clara a ocorrência de dois grandes grupos: um com questões que vão de 0 a cerca de 600 e outro de que vai de 600 em diante. Além disso, no geral, o distanciamento entre uma questão procedimental e outra conceitual no mesmo tópico foi superior a 250, com exceção do tópico classificação de queadriláteros e do par 18 e 19 (frações) e 10 e 23 (área e perímetro).

Tendo isso em vista, removi as questões 10 e 18 da minha base de questões e fiquei com a necessidade de criar uma questão mais procedimental para o tópico classificação de quadrilátero e validá-la como procedimental. Aproveitando essa nova rodada de comprative judgement, inclui também questão no conteúdo "álgebra 1", emque a distância entre a questão procedimental e conceitual não era muito grande. Como resultado, obtive duas questões mais procedimentais, uma para cada um desses tópicos.

Referências

LI, Y.; KULM, G. Knowledge and confidence of pre-service mathematics teachers: the case of fraction division. ZDM, v. 40, n. 5, p. 833–843, dez. 2008.

MA, L. Knowing and teaching elementary mathematics: teachers’ understanding of fundamental mathematics in China and the United States. Mahwah, N.J: Lawrence Erlbaum Associates, 1999.



1 2 3 4 5 6 7 next ... end
rss

Subscribe to my RSS:
barichello.coffee/rss

Search

Tags

english português música poesia coffee Ireland mathematics education café music movie opinion duas versões two versions research methodology recipe política matemática opinião nottingham visualization linux food educação programação receita viagem arte educação matemática beer libreoffice amsterdam pesquisa free software video vídeo mobile tourism coding restaurant comic software livre art restaurante turismo comida campinas internet